http://elektreng.com.br/wp-content/uploads/2020/05/bgfrontalpaginasx-1.jpg

Em várias áreas de atividades a padronização de tarefas são requisitos para a qualidade e o resultado do trabalho. Atualmente com a pandemia é recorrente ouvirmos a palavra protocolo, o que é usual esse termo na medicina e afins.

Em outros ramos de atividade se usam: Procedimento Operacional ou Técnico, Instrução Operacional ou Técnica, mas todos tem o mesmo objetivo de padronizar e evitar erros no desenvolvimento dos trabalhos.

O TPM – Total Productive Maintenance, o RCM – Reliability Centered Maintenance, o Lean, as NRs – Normas Regulamentadoras do MTE, as normas ABNT e ISO, o TQMTotal Quality Management e os sistemas de gestão em geral, têm os procedimentos como uma das ferramentas para se atingir a excelência.

Então, o desenvolvimento de um procedimento consiste basicamente em definir:

☑️ A melhor sequência das atividades (incluindo as atividades preliminares, a execução do processo, o encerramento e as atividades posteriores, como por exemplo, os registros);

☑️ A descrição de cada atividade de forma sucinta, objetiva e sempre que pertinente usando ilustrações (“O que” e “Como fazer”);

☑️ Os alertas técnicos (valores limites) e de segurança (o que pode dar errado), e medidas preventivas e/ou mitigatórias;

☑️ Os recursos necessários;

☑️ Os hold points (pontos de espera por alguma ação, como: inspeção, medição, teste, etc.) que assegura a continuação da sequência de ações;

☑️ Os formulários de registros (check lists, folhas de registro de medições, etc.) que serão parte do relatório da intervenção;

Os procedimentos existem de diversos modelos e mídias (em papel ou digital). Algumas empresas utilizam o formato texto corrido, outras preferem formulários em colunas, mas todos geralmente contém:

📘 Capa – com título, numeração, data, autoria, controle de revisão, etc,;

🎯 Objetivo – a que se destina;

📝 Aplicação – a abrangência;

📚 Referências – de normas, manuais, artigos, etc.;

🔂 O processo – o procedimento propriamente dito;

🔧 Recursos – MDO, materiais, equipamentos e ferramental;

📰 Anexos – desenhos, fluxograma, tabelas, formulários, etc.;

⚠️ Lembrar sempre que um procedimento não é o manual do equipamento, por exemplo, que tem as vezes centenas de páginas, mas uma pequena parte dele (poucas páginas) que facilita a utilização prática da informação ali contida pelo usuário. ⚠️

Procedimentos são dinâmicos e devem ter um sistema de gestão para garantir a sua aplicação de forma eficaz e deve seguir um fluxo básico:

☑️ Elaboração;

☑️ Comentários;

☑️ Aprovação;

☑️ Divulgação ou treinamento;

☑️ Aplicação;

☑️ Revisão;

Não bastar ter um bom acervo de procedimentos, mas os profissionais precisam ter acesso e devem cumpri-los!!!

Podemos dar o suporte necessário a sua empresa na padronização de atividades técnicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *